Quem está ligado

Temos 32 visitantes e sem membros em linha

Requisição de Anilhas

cobl requisitar anilhas

Entrevista ao Criador

Tiago Jesus
Canários
Cor e Porte


tiago jesus stam 548l 01

Expo-Ave 2017

cobl15 m

Nélio Teixeira - Stam 424G

Entrevista ao nosso sócio

Nélio Teixeira

Sócio nº 184     - Stam nº 424 G

Criador de canários de porte e cor

 

stam 424g 01 

 

1.Amigo Nélio, sendo natural e residente da Ilha da Madeira, o porquê da opção de se tornar sócio do Clube Ornitófilo da Beira Litoral?
A opção de me tornar sócio do COBL, deveu-se à grande amizade que tenho com o amigo Tóni.

2.Este hobby de criar aves, já bem de longa data ou é recente?
Já crio aves desde os meus 10 anos.

3.Inicialmente começou por criar que tipo de aves?
Comecei a criar pombos, juntamente com o meu irmão, aí surgiu o bichinho de criar passarinhos.

4.Quando necessita de adquirir algum exemplar para o seu plantel, a quem é que recorre (lojas ou a criadores)?
Sempre a criadores, não quero com isto dizer que, em algumas lojas não apareçam algumas aves de qualidade.

5.Sei que cria canários de porte e cor, este ano vai criar com quantos casais?
Este ano penso criar com 22 casais.

6.Sei que têm participado em várias exposições, importa-se de referir em quais já participou?
Todos os anos participo no Campeonato Regional da Madeira, participei por duas vezes na exposição do COBL ( 2010 / 2011 ) e também duas vezes na Campeonato Nacional ( 2010 / 2012 ), participei este ano pela primeira vez no campeonato da Ilha Terceira ( Açores)

7.Os resultados alcançados pelas suas aves nas diversas exposições em que têm participado, têm estado dentro dos seus objetivos?
É um orgulho para mim, quando chego a uma exposição em que as minhas aves estão a concorrer, e ver as mesmas premiadas, quer dizer que o trabalho de casa foi bem feito. No geral, posso afirmar que os resultados obtidos pelas minhas aves nas exposições em que têm participado, têm sido bastante positivo.

8.O clube quando organiza a sua Expo-ave, edita uma revista alusiva a este evento, pelo que sei, têm-lhe feito chegar todos os anos uma revista, qual a sua opinião sobre a mesma?
É uma revista muito bem elaborada, com excelentes conteúdos, aliás leio-a várias vezes, duvido mesmo que haja algum clube, que edite uma revista com a qualidade da revista do COBL, pois têm um excelente acabamento e é toda a cores.

9.Qual o seu parecer sobre o trabalho realizado pela actual direcção do clube?
Na minha opinião, têm feito um excelente trabalho, penso que deve ser um orgulho para os sócios deste Clube, ter à frente do mesmo, pessoas com esta dinâmica

10.Alguma vez o amigo visitou a sede do clube…?se sim, qual sua opinião sobre este espaço?
Tive o privilégio de visitar a sede do COBL uma vez, este espaço está dotado de excelentes condições para o fim a que se destina, pelo que soube, ainda em finais de 2012 foi feito um pavilhão com 100 metros quadrados, para arrumar o material.

11.Já à algum tempo que o clube não realiza nenhum colóquio sobre aves, acha  que o clube deveria apostar neste tipo de eventos?
Penso que sim, pois estes colóquios servem para nós trocarmos ideias com os oradores e outros criadores mais experientes.

12.O clube têm uma página e um blogue na internet, qual a sua opinião sobre os mesmos?
Costumo visita-los com frequência, pois é um bom meio de divulgação do que se passa no nosso clube, assim como na ornitologia nacional, neste momento o novo site ainda se encontra em fase de construção, mas pelo que sei vai ainda melhorar bastante.

                    

Algumas perguntas sobre a criação das tuas aves

1.Costuma juntar as suas aves em que altura?
Normalmente junto -os em meados de janeiro e deixo -os criar até meados de junho.

2.Quais as medidas dos seus viveiros?
Os meus viveiros têm 50cms de comprimento e 35cms de largura.

3.Antes de juntar os seus canários, dá-lhes algum tratamento especial?
Apenas faço a desparasitação e dou-lhes o FP20/20, depois tenho em atenção as necessidades das minhas aves.

4.No período de criação, utiliza algum aquecimento, desumidificador, ou outro utensílio que ache necessário?
Apenas uso o desumidificador no inverno, de resto não uso mais nada, pois como vivo à beira-mar, as temperaturas são amenas e não tenho necessidade de utilizar mais nenhum eletrodoméstico.

5.Quantas horas de luz dá às suas aves, quando estas se encontram no período de reprodução?
Cerca de 13 horas diárias.

6.Quantas posturas normalmente fazem os seus canários?
Normalmente 3 posturas por casal.

7.Que tipo de alimentação dá aos seus canários, nas várias etapas do ano (muda, repouso e criação)?
Na altura da muda costumo dar mistura light da Versalle-laga. Altura da criação faço uma mistura de papa seca com papa húmida e acrescento-lhe algumas outras sementes que acho importante, também costumo dar fruta e brócolos durante todo o ano.

8.Como prepara os seus canários para as exposições e com quanto tempo de antecedência?
Cerca de 2 meses antes das exposições costumo coloca-los em gaiolas individuais e dar-lhes banho assiduamente, cerca de uma vez por semana.

9.Têm facilidade em vender os seus canários?
Nem por isso, o meio é muito pequeno.

 

Entrevistador – Tóni Duarte
Amigo Nélio, desejo-lhe as maiores felicidades para a sua época de criação, para que depois na altura das exposições, os seus canários consigam alcançar os objetivos pretendidos por si.

Entrevistado – Nélio Teixeira
Muito obrigada amigo Toní Duarte, desejo-lhe também as maiores felicidades para a época de criação e que também consiga atingir os seus objetivos na altura das exposições. Um abraço e um especial agradecimento pela sua sempre pronta ajuda que é muito valiosa para mim.

 

FOTOS

stam 424g 02

 

stam 424g 03

 

stam 424g 04

 

stam 424g 01